Anais do I Colóquio Semiótica das Mídias. vol. 1, nº 1. João Pessoa, PB: UFAL, 2012.

A internet na China e a projeção de novas forças sociais

Pedro Benevides
UNISINOS

 

A implantação e vertiginoso crescimento da internet na China compõe um quadro social maior de construção de novos fóruns de participação social, envolvendo segmentos de uma sociedade que se transforma em grande intensidade. Uma série de incidentes ganharam grande repercussão nos últimos 11 anos, nos quais indivíduos e grupos de debates em plataformnas online foram capazes de propagar informações e opiniões a ponto de forçar sua entrada na grande mídia e constranger o Estado a mudar posições e mesmo mudar legislação. Esses eventos serão analisados, para que percebamos os atores que se projetam, assim como os limites dessa mesma projeção. A internet chinesa, cuja infra-estrutura e conteúdos serão descritos, pode ser compreendida também como parte de esforços estatais maiores, entendidos como tecno-nacionalismo. Por fim, algumas das possíveis repercussões mundiais das mudanças chinesas serão indicadas.

 

Texto completo: PDF