Anais do III Colóquio Semiótica das Mídias. vol. 3, nº 1. Japaratinga, AL: UFAL, 2014.

Web algorítmica: a constituição da visibilidade no newsfeed do Facebook

Edu Jacques
Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos

 

Resumo

A abertura às criações dos atores individuais na internet configura um processo comunicacional recente, marca do que convencionou-se chamar de web 2.0. Por trás dessa modificação estrutural encontra-se um fenômeno mais amplo, que poderia ser reconhecido como a mudança para uma cultura que reconhece a importância midiática e da circulação de suas mensagens (BRAGA, 2006; GOMES, 2011). Com essas características, o Facebook é um dos serviços mais populares em uso no Brasil, e constitui-se como um medium informativo guiado por algoritmos. Mas a visibilidade sobre as postagens feitas na rede apresenta-se de modo nebuloso. O algoritmo usado para ordenar as exibições no News Feed (página principal) é mantido em um segredo justificado pela existência comercial da empresa. Forma-se a partir dele uma automatização no circuito. As operações sobre o que os usuários veem é portanto motivo de especulação, de uma ordem variando da relevância e afinidade pessoal a critérios publicitários. Trabalhos recentes contribuíram para a avaliação sobre o funcionamento do edge rank – denominação prévia do algoritmo do Facebook – contudo essas pesquisas têm importância relativa no exame sobre um mecanismo que é frequentemente reconfigurado, conforme os anúncios feitos à comunidade reconhecem.

 

Abstract

The possibility of expression of individual actors on the internet configures a recent communication process, what is usually called web 2.0. Behind this structural modification is a broader phenomenon, which could be recognized as the shift to a culture that recognizes the importance of media and the concept of circulation of messages (Braga, 2006; Gomes, 2011). With these features, Facebook is one of the most popular services in use in Brazil, and was established as an information medium driven by algorithms. But the way that posts from our contacts become visible for us is not clear. The algorithm used to sort the views in News Feed (anchor page) is kept in a secret justified by its commercial use. Why we see what we see is therefore a matter of speculation, involving such categories as the personal relevance and affinity to advertising criteria. Recent work has contributed to the assessment of the functioning of Edge Rank - prior name of the Facebook algorithm - however these studies have relative importance in the examination of a mechanism that is often reconfigured as the announcements made to the community recognize.

 

Texto completo: PDF