Anais do III Colóquio Semiótica das Mídias. vol. 3, nº 1. Japaratinga, AL: UFAL, 2014.

Documentos de processo: como uma repórter obteve informações não reveladas por fontes oficiais

Márcia Dementshuk
Universidade Federal da Paraíba - UFPB

 

Resumo

O presente artigo irá demonstrar por meio da análise de documentos de processo como a repórter investigativa Henriqueta Santiago, do jornal Correio da Paraíba, obteve informações para a série de reportagens “Geração Perdida”, publicada no jornal citado. A pesquisa foi feita como propõe a professora Cecília Almeida Salles, buscando nos documentos comprovações da relação de confiança estabelecida entre a repórter e as fontes, sem a qual determinadas revelações jamais seriam feitas. Também demonstra a importância de o jornalista se voltar a fontes não oficiais para produzir reportagens diferenciadas que apontam lacunas no atual sistema social adotado no País

 

Abstract

This article will demonstrate through the analysis process as investigative reporter Henriqueta Santiago obtained information for the series of reports "Lost Generation", published in the Correio da Paraíba newspaper. The research was done as proposed by Professor Cecilia Almeida Salles, seeking evidence in the documents about the reliability established between the reporter and the sources, without which serious revelations would ever made. Also demonstrates the importance of the journalist looking for unofficial sources to produce reports.

 

Texto completo: PDF