Anais do III Colóquio Semiótica das Mídias. vol. 3, nº 1. Japaratinga, AL: UFAL, 2014.

Modelo Helicoidal: a interação entre a ciência e a sociedade

Antônio Luiz Oliveira Heberlê
Maria Devanir Freitas Rodrigues

Antônio Luiz Oliveira Heberlê
Embrapa

Maria Devanir Freitas Rodrigues
Embrapa/Unisinos

 

Resumo

As formas históricas de relação entre a agenda científica das instituições públicas se baseiam no princípio da oferta à sociedade dos resultados ou ações científicas. Geralmente não se observa atos de inter-ação, ajustando interesses dos ofertantes (públicos) e demandantes (privados). Preconiza-se no modelo helicoidal ou do DNA que a ação comunicativa induza os sinais dos demandantes, para eles sejam percebidos e considerados em todo o ciclo de desenvolvimento da ciência. Assim, a comunicação deixaria de ser apenas uma operação que aparece no final do processo, como numa corrida de bastão, e passaria a acompanhar todo o circuito de desenvolvimento e obtenção dos resultados. Persegue-se, portanto, um ajuste de sintonia entre as ações da ciência pública e os anseios da sociedade.

 

Abstract

Historically the relationship between the scientific agenda of public institutions is based on the supply of scientific results or actions to society. Usually not observed acts of inter-action, adjusting interests of bidders (public) and demanders (private). In helical model it is advocated that the communicative action induces the signs of the plaintiffs, so that they are perceived and considered throughout the development cycle of science. So communication would no longer be just an operation that appears at the end of the process, as in a relay race, and would monitor the entire development circuit and obtaining the results.The is sought, therefore, it is a tuning adjustment between the actions of public science and the aspirations of society.

 

Texto completo: PDF