CISECO - Centro Internacional de Semiótica e Comunicação

:: Notícias

Oficinas aproximam CISECO da comunidade de Japaratinga

 

Mais que dezenas de pesquisadores reunidos no auditório do Hotel Albacora, em Japaratinga, o Pentálogo do CISECO tem o propósito de causar algum impacto positivo na comunidade local. Uma das iniciativas é a realização de oficinas junto a estudantes das escolas da cidade. Foram promovidas duas atividades com crianças e adolescentes: na terça-feira, dia 20 de setembro, Antônio Heberlê reuniu adolescentes para a oficina de produção de vídeos com dispositivos móveis; e,  na quarta-feira, dia 21, Pedro Russi encontrou crianças para iniciação no teatro de rua e improvisação.

Um grupo de alunos da Escola Estadual Dom Eliseu foi apresentado ao potencial que carregam em mãos, a partir da capacidade de registro por meio de uma câmera de celular. Na oficina, os adolescentes foram incentivados a produzir narrativas sobre a cidade em que moram e receberam dicas para a realização de um material audiovisual que utilize as capacidades de cada aparelho.

“Durante uma hora e meia, eles receberam dicas de cuidado com a produção e foram às ruas para colocar em prática”, explica Heberlê. O material captado foi analisado e o grupo pode aprimorar ainda mais o aprendido. Motivados pela oficina, os estudantes já criaram um grupo no aplicativo WhatsApp para seguir em contato e dar continuidade no aprendizado em conjunto. Maria Devanir Heberlê colaborou na atividade.


O desafio do teatro
A proposta de trabalho de uma oficina em vista de um contato com o teatro de rua, técnicas de improvisação e de perda do medo do ridículo foi realizada com um grupo de 25 crianças. O coordenador da atividade, Pedro Russi, propôs desde brincadeiras até a criação de improviso de uma “máquina que ainda não existe”, a partir da imaginação.

“Usamos técnicas para a maior percepção de corpo, voz e imaginação. Vimos que há uma potência em cada uma dessas crianças”, explica Russi. Foram mais de duas horas de atividades, para a maioria, o primeiro contato com o teatro. De acordo com o coordenador, a atividade foi vista de forma positiva para alunos, professores e direção da escola.

Compartilhe!

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Todos os direitos reservados para CISECO - Centro Internacional de Semiótica e Comunicação

Top Desktop version