CISECO - Centro Internacional de Semiótica e Comunicação

:: Notícias

Indicação de leitura: catolicismo e redes sociais estão em debate no livro de Moisés Sbardelotto

 

Com a internet e suas tecnologias, todos os âmbitos da vida social se reconfiguram. E um desses âmbitos, o religioso, é o tema do livro “E o verbo se fez rede: religiosidades em reconstrução no ambiente digital”, de Moisés Sbardelotto, publicado recentemente pela Editora Paulinas.  O autor trata de temas como a circulação midiática em rede e a reconstrução do “católico” a partir da comunicação digital, além de analisar empiricamente quatro faces da presença da Igreja Católica nas redes sociais: uso do Twitter pelo Papa, Programa Brasileiro da Rádio Vaticano no Facebook, Comunidade Jovens Conectados e Diversidade Católica no Facebook.

O desafio para as religiões no ambiente digital é constante, principalmente para o objeto da pesquisa de Sbardelotto, a Igreja Católica, que conserva uma tradição milenar e uma centralização do poder decisório. Nesse sentido, o lugar de atuação deve considerar esses novos modos de interação das pessoas e, mais especificamente, de sua relação com o sagrado. O autor propõe o dispositivo conexial, como um sistema sócio-tecno-simbólico heterogêneo, a partir da relação tríplice entre interface, protocolo e reconexão. Para ele, “processos midiáticos sobre discursos, símbolos e crenças católicos vão reconstruindo o catolicismo e fazendo emergir aquilo que chamamos de ‘católico’” (p. 295). 

Esses aspectos são levantados por Sbardelotto, que concluiu recentemente o doutorado em Ciências da Comunicação na linha “Midiatização e Processo Sociais”, na Unisinos. Os objetos analisados mostram a diversidade de uma instituição tão grande como a Igreja, já que a pesquisa contempla desde a conta oficial do líder oficial até a presença dos grupos não-canônicos, como os de cristãos identificados pela diversidade sexual

 

Compartilhe!

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Todos os direitos reservados para CISECO - Centro Internacional de Semiótica e Comunicação

Top Desktop version